quarta-feira, 28 de julho de 2010

Sistema Capitalista

Viva la Revolución
Forfun

Tranquilão na minha
Apreciando a paisagem,
Ilusão de paz,
Que não satisfaz,
Consumismo, prepotência
Só filha da puta
Alienação
É o que vende na televisão
Enquanto os flashes miram
A coluna social
O menor no sinal
É filho de um sistema desigual

Nasce de você a revolução
Sufocada atrás da inércia
Amplifique a forma de pensar

Palmas pra você
Que ainda acredita na vitória
E os que são de paz
Não desiste dos seus ideais
Ser bem sucedido
Não é ter um Audi A3
É ter lucidez
E não se entregar a estupidez

Nasce de você a revolução
Sufocada atrás da inércia
Amplifique a forma de pensar

Nasce de você a revolução,
Sufocada atrás da inércia
Sem limites faça a expansão
E amplie a sua visão.

-

É com essa letra que eu começo meu post. Como já disse várias vezes, vou fazer o que mais gosto... criticar. Como vocês viram na letra, (se é que viram, se não ficaram com preguiça de ler isso) o mundo está montado em inúteis que só pensam em ganhar dinheiro à custa dos outros, como as crianças chinesas fazendo roupas da Nike. Sinto pena de quem não enxerga isso, de quem vive montado no seu mundo ilusório de que o país ta uma maravilha, todos estão felizes, todos tem casa própria, um carro 0km na garagem, churrasco no quintal com gramado de casa. Não vou falar de políticos desonestos e blablablá, pois isso é clichê demais. Vou falar de algo pior. Como se não bastasse a "high society" corrupta, temos que nos deparar com as classes mais baixas sendo influenciadas por toda essa corrupção esdrúxula.
Policiais sendo muitas vezes piores que ladrões, aceitando propina por crimes ediondos. Não sei se alguém já parou para pensar nisso, mas a arma é de engenho mecânico, e só no Brasil tem "disparo acidental" toda semana. Porra! Para uma arma disparar, tem que ter um dedo pressionando o gatilho. Agora me diga como existe um disparo acidental, em uma pessoa de costas, onde acerta a cabeça, a nuca, as costas? Não estou generalizando, mas temos que abrir os olhos e perceber que isso é muito mais comum do que pensamos. É comum e não vemos pois as fontes que serviriam para nos alertar, nos informar, são totalmente manipuladas. Jornais sensacionalistas, que só pensam em ganhar dinheiro com merchandising, ao invés de mostrar a realidade nua e crua. Eles só mostram o que lhe convém, afinal, ninguém quer a "high society" pedindo sua cabeça, certo?
Queria ver se o cara que morreu no túnel atropelado não fosse filho da atriz, se fariam esse drama todo... Claro que não! Ninguém nem sequer saberia dessa morte.
Caso Mércia... Me diga o que tem de tão surpreendente nesse assassinato, a ponto de passar meses sendo manchete de jornal? Eu mesmo responderei essa pergunta.
Status. Advogada provavelmente bem sucedida, que vinha de uma família com um bom porte financeiro.
Preciso dizer mais alguma coisa? Não, só que se fosse uma pessoa da favela, apareceria em um canto do Uol por 10 minutos apenas.

Voltando ao assunto.
Escolas mal cuidadas, atendimento precário em hospitais públicos, profissionais com um trabalho de honra, sendo mal remunirados. Como querem que o país vá para frente, se não ligam pra base da sociedade? Vivemos numa rotina secular de trabalhar para viver, e na rotina angustiante de viver para trabalhar. E você, que acha que eu sou só mais um rebelde anarquista que quer causar tumulto, é um idiota que não vê que seu país está indo pro inferno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário